Acompanhe o Zoom nas redes sociais:

  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • zoom-urbanismo-arquitetura-design

propostas / assuntos gerais

 

  

currículos / portfólios

zoom@zoom.arq.br

equipe@zoom.arq.br

cv@zoom.arq.br

+ 55 (11) 3263 0267

Rua Peixoto Gomide 996, Cj-720

São Paulo SP Brasil

parklet 

padre joão manuel 

FICHA TÉCNICA

Local: São Paulo
Status: Construído
Área de Projeto: 22 m²

Projeto: Zoom Urbanismo Arquitetura e Design

Realizadores: Contain It, H2C, Superlimão Studio
Fotografia: SECOM-SP

REGULAMENTAÇÃO DOS PARKLETS EM SÃO PAULO

O parklet é uma extensão temporária da calçada. O termo “parklet” foi usado pela primeira vez em São Francisco, nos EUA, em 2005, para representar a conversão de um espaço de estacionamento de automóvel na via pública em uma “mini-praça”, temporária, cujo objetivo é propiciar a discussão sobre a cidade para as pessoas e o uso do solo com igualdade. Em 2011 mais de 50 unidades foram implantadas em São Francisco, e os parklets também foram incorporados ao cotidiano nas ruas de diversas cidades norte-americanas.

No Brasil, o conceito de parklet surge em São Paulo, em 2012, e a sua implantação ocorre durante um festival em agosto de 2013, liderado por um grupo composto de arquitetos, designers e ONGs. Nesta primeira instalação os parklets funcionaram durante 4 dias nos bairros da Vila Buarque e Itaim Bibi. Uma segunda iniciativa implantou um parklet na rua Padre João Manuel, ao lado do Conjunto Nacional, durante 30 dias.

A boa avaliação da população permitiu à Prefeitura de São Paulo transformar a ideia original em política pública de ocupação dos espaços públicos da cidade, revertendo áreas originalmente destinadas aos automóveis para as pessoas. O objetivo é que os parklets aumentem a oferta de espaços públicos, promovam a convivência na rua e estimulem processos participativos.

O parklet da Rua Padre João Manuel foi o primeiro parklet oficial de São Paulo, inaugurado em abril de 2013, juntamente com a assinatura do decreto que regulamenta os parklets, e continua em funcionamento até hoje.

CONHEÇA OUTROS PARKLETS: