Acompanhe o Zoom nas redes sociais:

  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • zoom-urbanismo-arquitetura-design

propostas / assuntos gerais

 

  

currículos / portfólios

zoom@zoom.arq.br

equipe@zoom.arq.br

cv@zoom.arq.br

+ 55 (11) 3263 0267

Rua Peixoto Gomide 996, Cj-720

São Paulo SP Brasil

1º LUGAR

NO PRÊMIO IAB SP 2018

CATEGORIA ARQUITETURA EFÊMERA

2º LUGAR

NO PRÊMIO CASA 2018

CATEGORIA SUSTENTABILIDADE

calçada de

todas as cores

FICHA TÉCNICA

Local: São Paulo
Status: Construído
Área de projeto: 400 m²
Equipe:

Guilherme Ortenblad, Rosa Clara Alves, Bruno Spinardi, Kathleen Chiang, Karin Kussaba, Pedro Borba, Ticiane Alencar, Michel Moreno, Gabriel Tunes, Michaela de Araujo

Projeto desenvolvido em Parceria com Lao Engenharia & Design
Conclusão da obra: Junho 2018
Fotografia: Sissy Eiko

A CALÇADA DE TODAS AS CORES

 

Localizada na entrada da CASACOR São Paulo 2018, a Calçada de Todas as Cores era o ambiente que recepcionava quem visitava o evento. Único ambiente público da mostra de arquitetura, a Calçada de Todas as Cores - projetada em parceria com a Lao Engenharia & Design – tinha como objetivo principal mostrar que o espaço público pode ter a mesma qualidade e acolhimento dos ambientes internos expostos na CASACOR, servindo como uma calçada modelo, com diversos conceitos que poderiam ser replicados na cidade.

O projeto recebeu o prêmio 2º lugar na categoria "Prêmio de Sustentabilidade" no Prêmio CASA, uma iniciativa do caderno CASA, do jornal o Estado de São Paulo, que tem como objetivo premiar os melhores ambientes da CASACOR.

A CALÇADA COMO ESPAÇO PÚBLICO QUALIFICADO

As calçadas representam boa parte do território da cidade. É através desta grande área de espaço público que os pedestres se deslocam diariamente. Apesar disso, nem sempre encontramos calçadas em bom estado e muitas vezes ela nem existe, dificultando o acesso de quem circula pela cidade.

Entendemos a calçada não apenas como um piso, mas como um ambiente. Nela estão instalados infraestrutura urbana como postes, mobiliário urbano, arborização e também são interface entre a rua e o espaço privado. Quando falamos de calçadas qualificadas, nos referimos a calçadas que sejam acessíveis e também agradáveis de se caminhar.

UMA CALÇADA COMPLETA

O projeto da Calçada de Todas as Cores buscou abranger o máximo de iniciativas e conceitos aplicáveis para criar esse ambiente completo. Foram abordados temas como acessibilidade, soluções sustentáveis, mobiliário urbano, ativação do espaço, etc.

Ao se aproximar da Calçada, o primeiro elemento a se destacar era a estrutura de madeira, despertando a curiosidade de quem por lá passava. Essa estrutura funcionava como uma arquibancada com assentos de variadas alturas, profundidades e ângulos, o que criava diferentes situações, possibilidades e vistas. Ao aumentar em altura, ela ia virando uma cobertura multifacetada, que te envolvia conforme você a atravessava. Uma referência na paisagem que vai se revelando enquanto você caminha. A ideia da arquibancada era ser mais do que um mobiliário, era criar um ambiente, uma ocasião. Inclusive, foi nesse espaço que promovemos os Talks, conversas sobre arquitetura e cidade.

PISO

O piso é o principal elemento de uma calçada. Para a Calçada de Todas as Cores, escolhemos um piso drenante, ou seja, um piso que permeável e que permite que a água da chuva retorne ao solo. Ainda no tema da drenagem, também fizemos jardins de chuva, ligados à sarjeta da avenida. Os jardins de chuva permitem que a água pluvial fique represada por um tempo e vá sendo absorvida aos poucos pelo solo.

 

Atualmente, as cidades tem poucas áreas verdes e muita área asfaltada ou concretada. Isso faz com que a água da chuva não consiga ser absorvida pelo solo e quando a chuva é muito intensa, acaba saturando o sistema de drenagem convencional e formando as enchentes. Portanto, medidas como pisos drenantes e jardins de chuva ajudam a dessaturar a drenagem urbana, diminuindo o risco de enchentes. Os jardins foram compostos por espécies nativas da mata atlântica, vindas de uma reserva florestal do vale do ribeira.

O piso também é um dos principais responsáveis pela acessibilidade. Para isso, deve estar devidamente assentado, nivelado, sinalizado e ser antiderrapante. A Calçada de Todas as Cores possuía sinalização do piso e mapa tátil, que orienta as pessoas com deficiência visual. Além dessa sinalização, disponibilizamos um mapa visual com informações do entorno, transporte público, pontos de interesse próximos e distâncias. Uma calçada completa e inclusiva!

SALA DE ESTAR URBANA

A calçada é lugar para circulação de pedestres mas não precisa ser só local de passagem. Quando com largura adequada, ela pode receber mobiliários como bancos. Na Calçada de Todas as Cores, criamos o conceito de Sala de Estar Urbana: um espaço mobiliado com peças confortáveis e de qualidade, nas quais você podia sentar para esperar alguém, papear com os colegas, olhar o celular; um espaço de convivência.

 

Outro ponto importante é a arte urbana inclusa no ambiente. Caminhar ao longo da fachada do Jóquei – formada por um muro fechado e extenso – significava um trajeto monótono e sem graça, que transmitia até mesmo insegurança. Com a arte na fachada e distribuído ao longo do projeto, esse cenário ficou muito mais colorido e dinâmico, se transformando num trajeto mais estimulante e vivo. O graffiti misturado com crochê e o mobiliário lúdico traziam não só o visual, mas a possibilidade de explorar a arte de forma sensorial.

TALKS

O espaço público só tem significado se tiver uso. É importante que esses locais sejam atrativos, para que as pessoas se encontrem, se conectem, convivam, interajam. Na Calçada de Todas as Cores, para ativar o espaço, preparamos uma programação de Talks, inclusa na programação da CASACOR. A calçada e a arquibancada multifacetada de madeira, serviram como palco e ponto de encontro desses talks, bate-papos com convidados sobre algum dos seguintes temas:  mobilidade ativa, design e comportamento, práticas sustentáveis, cidade e identidade. Os Talks aconteciam duas vezes por semana, às quintas e aos sábados, eram gratuitos e com participação livre para qualquer pessoa. A ideia era ampliar o debate de temas relacionados à cidade e à arquitetura e que também estavam presentes no projeto da Calçada.

DIVIDINDO A EXPERIÊNCIA: EBOOK DA CALÇADA DE TODAS AS CORES

Para compartilhar a experiência que tivemos com a Calçada de Todas as Cores, fizemos um e-book contando com mais detalhes o projeto e as soluções nele utilizadas. Acreditamos que as calçadas têm potencial como espaço público e que compartilhar o aprendizado é democratizar o conhecimento. É incentivar que soluções como essas possam se repetir em outros locais para termos cidades cada vez melhores. É só clicar aqui.

PARCEIROS

Agradecemos a todos parceiros que acreditaram e participaram do projeto conosco.

Lista de parceiros e fornecedores de materiais utilizados no projeto:

Alpina Eucaliptos – madeira de reflorestamento, pinus autoclavado

Anne Galante – intervenção artística, grafite e chochê

Arco Sinalização – comunicação visual, piso e mapa táteis

Clarice Borian – folhas bordadas

Femarte – iluminação

Iiba – mobiliário urbano

Kalil Ferre – paisagismo

Legado das Águas – espécies nativas da Mata Atlântica

Novas Árvores por Aí – jardins de chuva e plantio

Santa Filomena – carpintaria

Sara Rosenberg – escultura lúdica

SittaMaria – piso permeável

Stone – mobiliário urbano

Tintas Coral – tintas

VEJA MAIS FOTOS: