Acompanhe o Zoom nas redes sociais:

  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • zoom-urbanismo-arquitetura-design

propostas / assuntos gerais

 

  

currículos / portfólios

zoom@zoom.arq.br

equipe@zoom.arq.br

cv@zoom.arq.br

+ 55 (11) 3263 0267

Rua Peixoto Gomide 996, Cj-720

São Paulo SP Brasil

casa 8

FICHA TÉCNICA

Local: Brasil, São Paulo
Status: construído
Início do projeto: junho 2011
Conclusão da obra:
dezembro 2012
Área de Projeto: 137 m²
Equipe: Guilherme Ortenblad, Fernão Morato, Augusto Aneas (autores), Samira Rodrigues, Fabiano Reis, Kathleen Chiang e Lígia Lupo

O PROJETO

Por conta da frente estreita (3,5x18m) e sua implantação geminada, o sobrado nº 8 de uma vila no bairro de Perdizes apresentava ambientes compartimentados, escuros, com marcas de umidade e revestimentos desgastados. A reforma para abrigar o jovem casal buscou a otimização e integração dos espaços, da luz e da ventilação, e a criação de uma casa compacta com percursos dinâmicos. Criou-se uma nova estrutura interna, em concreto, com três níveis de lajes vazadas. Para articular esses níveis, quatro escadas foram projetadas: uma escada multifuncional (associada a banco e bancada de concreto), uma escada em chapa metálica perfurada (que associada à cobertura de telha de vidro contribui para a iluminação natural), e duas escadas do tipo Santos Dummont. Também foram incluídos caixilhos amplos e nichos/armários de concreto que se projetam além da fachada.

Esquema de ventilação e insolação do sobrado após intervenção

Percursos e circulação interna

Os tijolos das paredes demolidas foram reaproveitados na nova configuração. Para iluminação artificial criou-se luminárias tijolos em trecho onde este foi retirado. O assoalho retirado também foi reutilizado na criação de 3 decks: o deck com banco voltado para rua, o ático e deck sobre teto jardim voltado ao pátio, que são espaços flexíveis sem usos determinados. A materialidade é crua, bruta e tátil: a luz que incide nos materiais revela texturas, transparências e desenhos de sombras. O pavimento térreo tem alpendre, sala de estar, jantar e cozinha integrados. A porta de vidro de correr permite que esta integração se estenda da rua/alpendre até o quintal, que conta com churrasqueira e a área de serviço. O pavimento superior pode ser acessado pelo quintal, pela garagem ou pela sala. A partir desta circulação dinâmica, da fluidez entre os espaços, e da permeabilidade da luz e do ar, cria-se um movimento contínuo: Casa 8.

planta térreo

planta pavimento superior

planta ático

1 GARAGEM
2 SALA ESTAR
3 COZINHA/JANTAR
4 CHURRASQUEIRA

5 ÁREA DE SERVIÇO6 LAVABO
7 QUINTAL
8 QUARTO CASAL

9 BANHO CASAL
10 DECK

11 QUARTO
12 TERRAÇO JARDIM

13 MEZZANINO
14 TERRAÇO